Astronadc Pereira, é policial militar, Psicologo e professor. Mais conhecido como Sargento Pereira.

Minha foto

Um homem com sonhos e pé no chão com a certeza de que o amor e a felicidade é o combustível que nos nutri de esperanças e fé. Prefiro que não discutam comigo e sim com minhas ideias.
Paz, felicidades, saúde e fé.

Astronadc Pereira

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Sargento Pereira participa de Sessão Especial em Belém sobre violência e apresenta propostas





O sargento Astronadc Pereira de Moraes, conhecido como sargento Pereira, da Polícia Militar da Paraíba, foi convidado para participar da Sessão Especial na Câmara Municipal de Belém (19/set)  destinada a discutir o problema da violência e o combate as drogas na região.

Sem a efetiva participação da sociedade, não há Segurança Pública de qualidade e nenhuma estratégia policial funcionará sem a participação efetiva da comunidade. Ainda mais é necessário que os governos municipais e o governo Estadual e seus gestores promovam Políticas Públicas de Segurança, bem como, uma cultura de paz”, afirmou o sargento, que também fez uma palestra e apresentou propostas que considera importantes para a Segurança Pública da região do agreste.

Confira a palestra na íntegra:

No Brasil e na Paraíba a violência tem nome, idade, cor, classe social e território. Geralmente são jovens, negros, pobres e residem em áreas carentes. A violência é física, psicológica, sociológica, simbólica e cultural.

Inegavelmente ha violência contra as mulheres na nossa sociedade, dentro dos lares onde em muitos casos o companheiro é o principal violentador, neste caso há muita dor, medo, e vergonha. As mulheres sofrem com a violência domestica e com o preconceito. Os jovens são vitimas da violência isto é fato. Os grupos LGBTs  são vitimas também  da violência e do preconceito. Não podemos mais aceitar este estado de coisa.  

Também ocorre a violência contra os trabalhadores e trabalhadoras nas cidades, mas também no meio rural. A violência hoje alcançou os sítios, a vida rural. Ocorrem casos de casas invadidas e famílias ameaçadas.

Os jovens são vitimas da violência. É neste ponto que precisamos trabalhar de forma mais significativa, há um espaço ocioso na vida dos jovens. Falta uma educação de qualidade e, o acesso a capacitação para os jovens. Uma das experiências que tivemos este ano foi o evento cultural realizado pelos jovens na cidade de Souza, interior da Paraíba. Os jovens daquela cidade arregaçaram as mangas e promoveram um evento cultural apoiado pela Ouvidoria do Estado, onde estive presente.

É preciso que o Estado, o Município e a Sociedade promovam espaços culturais, capacite e eduque os jovens dando-lhes a oportunidade de estar inseridos na sociedade produtiva.

Em João Pessoa, no bairro de Mandacaru a comunidade está construindo o Conselho Municipal de Segurança e Desenvolvimento Social. Lideranças do bairro, representados pelas Igrejas, pelas raízes africanas, educadores, associações, entidades, micro empresários, psicólogas, pedagogas, assistentes sociais, pais, mães, profissionais liberais dentre outras lideranças estão empenhados em construir o Conselho Municipal de Segurança.

O Conselho tem o objetivo de compartilhar com os segmentos de Segurança Pública as necessidades da comunidade de Mandacarú, lá também me fiz presente nesta construção juntamente com outros agentes públicos. Destaco atuação do Coronel Walter Lins e do Major Lucio que incansavelmente se empenham para promover uma cultura de paz no bairro de Mandacarú.

Desta forma oriento e proponho que a comunidade de Belém, os gestores municipais e os segmentos da polícia promovam e socializem o tema Segurança Pública. É no espaço do Conselho Municipal de Segurança e Desenvolvimento Social que as demandas emergem, mas também as soluções.
O sargento Pereira também se colocou a disposição para ajudar. E lembrou à necessidade de se ter a metodologia de integrar as esferas públicas, os agentes públicos, a comunidade e as autoridades policiais para a criação do Conselho Municipal de Segurança e desenvolvimento social.


Obrigado à todos e todas;

ASTRONADC  PEREIRA

Nenhum comentário: