Astronadc Pereira, é policial militar, Psicologo e professor. Mais conhecido como Sargento Pereira.

Minha foto

Um homem com sonhos e pé no chão com a certeza de que o amor e a felicidade é o combustível que nos nutri de esperanças e fé. Prefiro que não discutam comigo e sim com minhas ideias.
Paz, felicidades, saúde e fé.

Astronadc Pereira

sábado, 26 de abril de 2014

Pereira defende processo democrático para definir pré-candidato dos policiais nas eleições



Pereira defende processo democrático para definir pré-candidato dos policiais nas eleições

Astronadc Pereira (sargento Pereira) participou quarta–feira (16/4), no auditório do Hotel Guarany, em João Pessoa, da reunião promovida pelo coletivo da Polícia Militar da Paraíba com os pré-candidatos para as eleições de 2014.

Com exceção do cabo Sergio Rafael, presidente da Associação dos Militares do Estado da Paraíba (AMEP), também se fizeram presentes o sargento Robson Xavier; tenente Edilson Bernado; tenente João Paulo Queiroz, coronel Jarlom; presidente do PROS, Moises Gouveia; coronel PM Israel, entre outros.

A discussão central girou em torno da possibilidade de uma exclusiva para debater qual a melhor estratégia que o coletivo policial militar utilizará para a escolha de um nome que represente a categoria nas eleições deste ano.

Três teses foram levantadas. O candidato para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa deve ser escolhido através de plebiscito? Por meio de uma coligação, onde abrigasse todos os pré-candidatos, e que o mais bem votado no pleito pudesse representar a corporação policial? Deixar os pré-candidatos à vontade para escolher o seu partido e disputar livremente voto a voto?

Fazendo uma análise conjuntural, o sargento Pereira apresentou e defendeu as três teses, e propôs uma reunião ampliada para toda corporação com um forte debate entre os pré-candidatos, a fim de que os policiais tenham a liberdade de definir quem seria o escolhido.

Reforçando o pronunciamento do presidente do PROS, Moises Gouveia, Pereira afirmou que só com a unidade dos policiais é que será possível garantir o sucesso da categoria nas eleições.

Para ele, com disputas internas e sem apresentação de propostas viáveis para os policiais "não teremos um representante na Assembleia Legislativa do Estado para defender os policiais da Paraíba".

"É preciso agir rápido! Estamos em atraso e as eleições estão próximas. Este coletivo pode organizar as reuniões, os debates e os encaminhamentos para este projeto", completou, acrescentando que os atuais deputados não representam a categoria e muito menos a segurança pública. "Estão a serviço de outros interesses”, alfinetou.

Sargento Pereira sugeriu que o representante, legitimamente escolhido, assuma o compromisso de organizar uma rede de vereadores (policiais) e no pleito futuro trabalhar para eleger um deputado federal e até um senador da República, "construindo força política no governo do Estado da Paraíba em defesa de uma segurança pública de qualidade e dos direitos de todos os policiais".




Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Sargento Pereira participa de ato festivo em comemoração à luta das nações indígenas da PB








Astronadc Pereira (sargento Pereira) participou sexta-feira (19/4), na Ilha do Bispo - João Pessoa, da comemoração em recordação à luta das nações indígenas da Paraíba. O índio Piragibe foi homenageado como símbolo de resistência. Representantes de entidades e de movimentos populares também prestigiaram o ato festivo.

Falando em nome do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH-PB) e como um dos organizadores do Plebiscito Popular por uma constituinte soberana e exclusiva, Pereira destacou a luta dos povos indígenas para preservar a própria cultura e sobrevivência; a coragem para enfrentar as adversidades de uma sociedade cada vês mais capitalista e individualista, e o exemplo que esses povos dão ao respeitar a aldeia global chamada de terra.

O sargento lembrou que em todas as culturas é preciso o respeito, o amor e a solidariedade com os mais velhos e com as mulheres. Acrescentou que os jovens índios herdarão de seus pais uma cultura e que preservar esta cultura fará parte da história de todas as tribos, de todas as etnias e de todos os povos indígenas.

Sargento Pereira disse que é preciso evitar que a cultura de violência do homem branco, que tem promovido uma série de atrocidades contra as mulheres, chegue às aldeias.

Presente ao evento, o índio TuãnTupinamba (Amazonas), que tem percorrido o Brasil ajudando na compreensão da cultura indígena, foi citado por Astronadc. “O índio TuãnTupinamba tem contribuído para que os povos indígenas sejam mais compreendidos pelo homem branco. Assim como ele, os caciques e guerreiros merecem todo o nosso respeito e valorização”.

Pereira ressaltou que é necessário aprender com os índios que o medo precisa ser enfrentado. E depois de alertar que o medo é um combustível "que damos aos nossos opressores para que eles tenham mais força contra nós", frisou que os índios resistem a séculos, são bravos guerreiros de honra, coragem e sabedoria, e que é na luta por direitos que "encontramos vontade de viver e ser feliz”.



Assessoria de Imprensa

terça-feira, 22 de abril de 2014

POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS MILITARES DA PARAÍBA


    Coletivo da Polícia Militar e Bombeiros Militares da Paraíba escreveram mensagem a categoria apresentando um relato detalhado, da reunião ocorrida no dia 12 de março deste ano, que elegeu as prioridades que nortearão a luta em prol da melhoria da qualidade de vida e das condições de trabalho desses profissionais.

Mensagem aos profissionais da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares da Paraíba 22 de abril de 2014.

Confira a mensagem na íntegra:
>>> Clique aqui para ler 

                                                                            Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 11 de abril de 2014

BLOGGER do sargento Pereira ultrapassou as 10.000 (dez mil) visualizações este ano.

Nesta data de 11/04/2014 (sexta-feira) o marcador de estatística do Blogger do sargento Pereira disparou o alarme indicando mais de 10.000 mil visualizações.  As pessoas podem acessar o blogger pelo endereço eletrônico: http://astronadcpereira.blogspot.com.br/

O Blogger acompanha o dia a dia e as atividades do sargento da Polícia Militar da Paraíba, Psicólogo e ativista Astronadc Pereira.

O Blogger é visitado por pessoas da Paraíba. O que mais chamou atenção foi à visita de pessoas de outros países que acompanham as atividades inseridas no Blogger.

Segundo Pereira o Blogger é uma ferramenta importante para instrumentalizar as suas propostas e seu dia a dia nas atividades.

"O Blogger é um instrumento importante na divulgação de nossas propostas, bem como, ajuda a divulgar as nossas atividades". “Mas do que isso termina sendo uma forma de unir pessoas com objetivos comuns”, disse Pereira.

Histórico de todas as visualizações de página: 10.753

Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana para o Sistema Político do Brasil

Paraíba, 11/04/2014
Plebiscito popular pela reforma política


Ricardo Gebrim, integrante do movimento Consulta Popular e da organização nacional do plebiscito popular, afirma que defesa da constituinte por Lula é 'reforço decisivo'.

Entre 1º e 7 de setembro deste ano, organizações da sociedade civil e movimentos sociais de diversas áreas de atuação, como o Levante Popular da Juventude (LPJ), o Movimento Passe Livre (MPL) e o Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), entre outros, estarão empenhados em um pleito paralelo às eleições presidenciais: urnas espalhadas por todo o país irão colher a opinião dos brasileiros sobre a convocação de uma constituinte exclusiva (para a qual não podem ser eleitos parlamentares em exercício) para debater a reforma política.

O objetivo do movimento é ultrapassar os 10 milhões de votos colhidos no plebiscito popular contra a Área de Livre Comércio das Américas (Alca), realizado em 2002, e, para isso, contará com aliados populares para levar a mensagem à população, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que na entrevista concedida na terça-feira (8), voltou a defender constituinte exclusiva para uma reforma política, como já havia afirmada no ano passado, em entrevista à RBA e veículos parceiros.

"Foi um apoio decisivo, pela popularidade do Lula e sua importância como líder político. A campanha hoje reúne um leque muito amplo de movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos, e o ex-presidente vem para somar", avalia Ricardo Gebrim, integrante do movimento Consulta Popular e da organização nacional pelo plebiscito popular.

A campanha teve início em 15 de novembro de 2013, após o Congresso refutar a proposta da presidenta Dilma Rousseff de convocar uma assembleia constituinte exclusiva para realizar a reforma política. "Diante da resistência do Congresso, surgiu a sugestão de realizar um plebiscito para que a população decidisse se convocaríamos ou não uma constituinte. Também não permitiram o plebiscito, então decidimos fazer o nosso", conta Gebrim.

Aquela foi a segunda tentativa de aprovar a reforma política no Congresso, sem necessariamente ter de eleger uma constituinte. Em 2009, o então presidente Lula enviou um projeto de lei ao parlamento, mas esbarrou no mesmo obstáculo: a oposição de partidos grandes no Legislativo, como o PMDB, que se beneficiam das regras político-eleitorais atuais. "Está claro que, se depender dos parlamentares eleitos, a reforma não vai acontecer. Depende da nossa mobilização", pondera Gebrim.

Atualmente, o movimento está em fase de formação política dos militantes que trabalharão na campanha pela constituinte e na coleta dos votos, e, a partir de julho, passa a ir para as ruas em campanha preparatória para a semana de votação.

"Iremos para as ruas em defesa dessa bandeira, que é um dos grandes anseios da população. Nós vimos isso nas manifestações de rua de junho de 2013", avalia.

Gebrim espera ainda que haja boa sinergia entre a manifestação pela reforma política e os movimentos que protestam contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, que prometem ocupar as ruas um mês antes do início da campanha do plebiscito popular. 

"Acreditamos que se trata de uma pauta que atende à grande maioria da população, independentemente da inclinação política. Nossa oposição está concentrada nos grandes interesses econômicos, que hoje manipulam o sistema", explica.

O resultado do plebiscito será encaminhado à Presidência da República, à Câmara dos Deputados, ao Senado Federal e ao Supremo Tribunal Federal, além dos candidatos à presidência que estarão a um mês da votação no primeiro turno, em outubro. "Esperamos, da parte deles, o compromisso com a reforma política", resume Gebrim.

Fonte: www.redebrasilatual.com.br

Astronadc Pereira participa de encontro com lideranças no SINDELETRIC, JP/PB.

Astronadc Pereira participa de encontro no SINDELETRIC

Neste último dia 04/4 (sexta-feira) aconteceu o encontro das lideranças no Sindeletric, em Tambia, JP. A reunião contou com a presença de Astronadc Pereira que destacou a necessidade de toda sociedade se mobilizar para a promoção de uma profunda reforma no estado Brasileiro que permita aos brasileiros melhores condições de vida, saúde, educação, segurança e felicidade.

Pereira lembrou que este ano será realizado um Plebiscito Popular por uma Constituinte soberana e exclusiva para o sistema político do Brasil, e que é preciso o engajamento de toda sociedade.

“Precisamos nos engajar na luta e na construção de um país melhor e de uma sociedade mais segura para a Paraíba e para o Brasil”.
“Este ano será realizado um Plebiscito Popular por uma Constituinte soberana e exclusiva para o sistema político do Brasil”. “Através destas mudanças é que poderemos ter a esperança de dias melhores para o nosso povo” pautou Pereira.

ASTRONADC PEREIRA (Sargento Pereira) participa de reunião para agendas do Plebiscito que acontecerá em setembro deste ano.

ASTRONADC PEREIRA (Sargento Pereira) participa de reunião para agendas do Plebiscito que acontecerá em setembro deste ano.

Nesta última segunda – feira(7/4) Astronadc Pereira mais conhecido como sargento Pereira participou de reunião com a Secretaria Estadual do Plebiscito popular por uma Constituinte exclusiva e soberana para o sistema político do Brasil.
Na ocasião foram encaminhados atividades, agendas e definições dos meses de abril e maio.
Foram confirmadas para este mês de abril atividades: (I) Em Santa Rita, (II) Curso de formação para o plebiscito, (III) Encontro com as lideranças e a comunidade dos Índios Tabajaras em Alhandra, (IV) reunião no PROCINE e atividades e reunião em Caaporã.
Pereira que faz parte da Secretaria Estadual do Plebiscito confirmou que novas agendas serão divulgadas.

Astronadc Pereira (sargento Pereira) participa de atividades do Orçamento Participativo no bairro do Geisel.

Astronadc Pereira (sargento Pereira) participa de atividades do Orçamento Participativo no bairro do Geisel.
Nesta última quarta-feira (09/04) foi realizada a audiência regional do Orçamento Participativo da PM/JP entre gestores municipais e comunidade do bairro do Geisel na rua Adalto Toledo, n° 157. A audiência aconteceu na Escola Municipal Fenelon Câmara.
Pereira lembra que as audiências Regionais acontecerão de 02 a 30 de abril, sempre às 19h, em todas as 14 Regiões do OP





Astronadc Pereira (sargento Pereira) participa de atividades do Orçamento Participativo no bairro do Valentina.


Astronadc Pereira (sargento Pereira) participa de atividades do Orçamento Participativo no bairro do Valentina.

Nesta última terça-feira (08/04) foi realizada a audiência regional do Orçamento Participativo da PM/JP entre gestores municipais e comunidade do bairro Valentina Figueiredo na rua Mariângela Lucena Peixoto, Sn - Valentina Figueiredo. A audiência aconteceu no Ginásio Poliesportivo Odilon Ribeiro Coutinho.
Pereira lembra que as audiências Regionais acontecerão de 02 a 30 de abril, sempre às 19h, em todas as 14 Regiões do OP.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Sargento Pereira faz palestra sobre Conselho Comunitário de Segurança


Sargento Pereira faz palestra sobre Conselho Comunitário de Segurança

Astronadc Pereira (sargento Pereira) esteve quarta-feira (2) no bairro das Indústrias, João Pessoa, proferindo palestra sobre Conselho Comunitário de Segurança para professores e dirigentes da Escola municipal Cantalice Leite.

Pereira explicou que o CCS é um forte instrumento da população contra a violência, já que a própria comunidade pode mobilizar as forças atuantes no bairro para que haja políticas públicas de segurança.

Disse que a escola pode mobilizar a comunidade do bairro em torno da proposta do conselho, "pois importante ter consciência de que sem a efetiva participação das pessoas não haverá segurança pública de qualidade na comunidade”.

O sargento apontou quatro medidas que julga importante na construção de uma comunidade mais segura: mobilização da comunidade e implantação do Conselho Comunitário de Segurança; atuação do PROED nas escolas do bairro; organização pedagógica para uma cultura de paz na escola, família e comunidade; trabalho da polícia comunitária dentro do bairro. Para isso, acrescentou, é necessário que comunidade e o poder público selem um pacto de responsabilidades.

Pereira ressaltou que tem feito visitas e pautado estas propostas em bairros da Capital e Santa Rita, por entender que é preciso mobilizar e conscientizar as comunidades do seu papel na política de segurança e na cultura de paz.




Assessoria de Imprensa

Astronadc Pereira participa de manifestação em repúdio ao golpe militar

Astronadc Pereira participa de manifestação em repúdio ao golpe militar

Astronadc Pereira (sargento Pereira) participou no último dia 1º, ao lado de alunos, professores, militantes e ativistas, movimentos, artistas, jornalistas e trabalhadores em geral, da manifestação de repúdio ao golpe militar que completou 50 anos.

Uma caminhada da UFPB/João Pessoa até o mercado do bairro do Castelo Branco, que também contou com vítimas da ditadura e ex- presos políticos, marcou o evento. Na ocasião, o nome de várias ruas do bairro do Castelo Branco foi substituído simbolicamente pelo nome do ex-presidente João Goulart, derrubado do poder em 31 de março de 1964, através de um golpe de estado que instalou a ditadura militar no Brasil com durabilidade de 21 anos.

Dados comprovam que, durante esse tempo, a ditadura matou, torturou, cassou mandatos, demitiu funcionários públicos, perseguiu estudantes e professores universitários.

No protesto, Pereira, que é sargento da Polícia Militar e integra o Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH/PB) alertou que o Brasil ainda inspira cuidados. "Há uma democracia, mas as estruturas do estado ainda se encontram militarizadas". Ele também chamou a atenção das novas gerações para que possam saber a verdade sobre os fatos que envolvem a ditadura e a história do Brasil nesta fase. “É preciso redemocratizar a política brasileira e as estruturas de segurança", complementou.

O sargento Pereira aproveitou para criticar os setores que preferem investir na aquisição de armas e material bélico e se esquecem das políticas públicas, da qualidade de ensino e da educação no Brasil.

“Não precisamos de novas armas e de mais bombas. Queremos, sim, mais educação de qualidade; profunda reforma nas estruturas do estado brasileiro; e mudança completa no sistema político”.

Pereira lembrou, ainda, a violência sofrida por jovens, mulheres, comunidades e trabalhadores. “Estes setores da sociedade estão sendo mortos ou sofrendo violações de toda ordem pelo próprio estado que deveria cuidar e educar”.



Assessoria de Imprensa