Astronadc Pereira, é policial militar, Psicologo e professor. Mais conhecido como Sargento Pereira.

Minha foto

Um homem com sonhos e pé no chão com a certeza de que o amor e a felicidade é o combustível que nos nutri de esperanças e fé. Prefiro que não discutam comigo e sim com minhas ideias.
Paz, felicidades, saúde e fé.

Astronadc Pereira

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Astronadc Pereira soma esforços com CEDH e consegue libertar sargento preso em Cabedelo

Astronadc Pereira soma esforços com CEDH e consegue libertar sargento preso em Cabedelo

Atento no combate às injustiças, Astronadc Pereira (sargento Pereira) teve ação decisiva na soltura do III sargento José Joaquim Fernandes (matricula 517.012-5) que estava detido na 6° Cia Independente da PM/PB, sediada na cidade de Cabedelo.

A ação do sargento Pereira teve início a partir do momento em que tomou conhecimento do fato, o que o levou a fazer uma visita ao colega de farda preso e a procurar o Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH), uma vez que, de acordo com o que Astronadc escutou do detento e de seu advogado, "uma injustiça estava sendo cometida".

"Fui ao presidente do CEDH e pedi que houvesse uma reunião extraordinária para tratar desse e de outros casos. Desse momento em diante, o conselho tratou de formalizar ofícios à juíza da Auditoria Militar, ao Ministério Público Militar e ao comandante geral da Polícia Militar cobrando explicações e as providências cabíveis", relatou Pereira, acrescentando que a narrativa do advogado de José Joaquim Fernandes explicando todo o ocorrido foi determinante.

"Na terça-feira(04/02), aproximadamente às 18h, o sargento foi solto pela Justiça Militar. Eu, que integro o CEDH, e o advogado de Joaquim fomos ao quartel e acompanhamos o ato de liberdade, que considero justo e legítimo", completou.

Falando pelo conselho, Astronadc Pereira afirmou que o órgão está à disposição de todos os que se sentem injustiçados, e assegurou que "dentro das nossas atribuições e respaldados na lei estaremos atentos para que a justiça seja feita”.

Após ressaltar que os profissionais de segurança são bem vindos ao CEDH, sargento Pereira agradeceu a Justiça pela atenção e lembrou que os direitos humanos são para todos indistintamente.




Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário: