Astronadc Pereira, é policial militar, Psicologo e professor. Mais conhecido como Sargento Pereira.

Minha foto

Um homem com sonhos e pé no chão com a certeza de que o amor e a felicidade é o combustível que nos nutri de esperanças e fé. Prefiro que não discutam comigo e sim com minhas ideias.
Paz, felicidades, saúde e fé.

Astronadc Pereira

sábado, 3 de maio de 2014

Sargento Pereira discute reforma política com trabalhadores rurais do município de Caaporã






 Sargento Pereira discute reforma política com trabalhadores rurais do município de Caaporã

Astronadc Pereira (sargento Pereira) esteve visitando, no domingo (27/4), o acampamento do MST - Nova Esperança, localizado no município de Caaporã, litoral paraibano.

Pereira, que integra a Secretaria Estadual do Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do sistema político, conversou com os trabalhadores sobre a necessidade de uma reforma política que assegure a participação popular.

Explicou que, pelo regulamento atual, os políticos são quem decidem o que fazer e como fazer. "Nós queremos mudar esta lógica. Queremos uma política em que as pessoas possam opinar, ou seja, um sistema político participativo”.

Pereira ressaltou que o atual sistema político brasileiro esta vinculado ao interesse Norte Americano e que o golpe de 64, promovido pelo governo dos Estados Unidos, é uma prova de que o sistema esta mesmo a serviço das grandes corporações internacionais.

Ele citou a questão da segurança pública e outros temas importantes que comprovariam essa vinculação. “Partidos políticos têm se curvado às grandes corporações que por patrocinar candidaturas passam a ditar a política. Políticos que nas Assembleias Legislativas e na Câmara Federal não discutem os temas como reforma no sistema policial; educação e saúde de qualidade; mobilidade urbana; segurança pública de qualidade; combate efetiva a corrupção; violência contra mulheres, remanescentes quilombolas, índios, jovens e crianças; reformas agrária, tributaria e política; atentado ao meio ambiente".

Sargento Pereira lembrou que a atividade política de formação está acontecendo em várias cidades, bairros e segmentos sociais, e que cerca de mil pessoas da Paraíba passarão por um curso antes do Plebiscito. "Elas deverão se juntar aos movimentos sociais, as entidades de classe (sindicatos e associações de moradores) e coordenados pela secretaria estadual e pelos comitês farão o Plebiscito por uma Constituinte exclusiva e Soberana do Sistema Político no Brasil”.



Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário: